Logomarca NCA Comunicação

Fev07

A Procuração

Escrito por Edson Vidal Categorias // Flagrantes do mundo jurídico Lidos 18

Tem certas instituições financeiras em que seus funcionários parecem inimigos disfarçados e sempre dispostos a irritar seus usuários. Foi-se a época em que ser bancário era um emprego cobiçado porque era a certeza de um futuro promissor.

Na minha mocidade ingressar na carreira do Banco do Brasil tornava o rapaz um ótimo partido para casar.
- Cleusa está namorando.
- Quem é o pretendente?

E para responder a futura sogra do moçoilo estufava o peito e respondia para quem quisesse ouvir:
- O Raul Otávio: um ótimo rapaz, de boa família, funcionário do Banco do Brasil!

E dizer isso era uma glória que servia para despertar a cobiça da amiga, que não podia dizer o mesmo do namorado de sua filha. Enfim, o tempo passou e tudo mudou. Claro que não são em todas as agências do nominado banco que o atendimento é sofrível, pelo menos no bairro onde resido ela não é exceção.

Fui cliente do BB desde 1.968 e encerrei minha conta no BB Estilo agencia Juvevê (cujo posto de atendimento avançado está instalado no Tribunal de Justiça), em razão de minha aposentadoria. Portanto não sou mais cliente da referida instituição financeira.


No entanto a minha mulher que foi instituída procuradora para operar a conta de uma correntista da agência do meu bairro, uma sua amiga adoentada, precisou da devida prestação de serviços para se desincumbir do encargo assumido. Este era simples: efetuar os pagamentos de luz, água, telefone, condomínio, Unimed, prestação diversa e sacar certa quantidade de dinheiro.

E para isso a Procuração foi feita em cartório, por instrumento público. Como a correntista ficara doente da noite para o dia e foi operada de emergência, a Procuração foi feita às pressas, pois as contas estavam na iminência de vencer. Eu acompanhei minha mulher por antever problemas; e acertei.

O funcionário examinou a Procuração e disse que faltava autenticar a assinatura do titular do cartório, recomendando que a validação necessária fosse feita no cartório das Mercês, por ser o mais próximo da região.

E que depois de autenticado o documento fosse levado no BB daquele mesmo bairro para ser fotocopiado, registrado e encaminhado ao setor jurídico do banco para a comprovação de autenticidade.
- E as contas que vencem amanhã?
- Lamento - respondeu com certa má vontade o atendente. - A senhora vai ter que esperar...
- E quantos dias o jurídico levará para analisar o documento?
- No máximo três dias.

Saímos do BB e nos dirigimos ao banco em que temos conta conjunta e minha esposa efetuou os pagamentos e fez a retirada de dinheiro de acordo com o que motivara o ato cartorial.

No dia seguinte fomos ao cartório e no banco indicado para regularizar e formalizar o que fora pedido. Como o estado de saúde da amiga de minha mulher tinha certa gravidade, esperamos transcorrer quase quinze dias para retornar na agência do BB do nosso bairro para cumprir a Procuração. Minha mulher foi atendida pelo mesmo funcionário.
- Nada de novo, o jurídico não analisou ainda a autenticidade da Procuração - foi o que disse o atendente, sentado em sua escrivaninha.
- Posso falar com o gerente para esse intervir junto ao setor jurídico do banco?
- Gerente? Aqui não tem gerente nenhum, o banco é mera fachada, a gerência funciona em outro lugar...

Incrível, a afirmação era verdadeira. Minha mulher e eu desistimos de insistir e ela ficou com uma “Procuração” de lembrança.

Nas semanas seguintes a amiga e correntista melhorou e quando pode ir ao banco fez o ressarcimento devido à minha mulher. Triste realidade de um banco que já foi ícone de varias gerações. É pena que esse episódio tenha ocorrido no espaço mais trepidante do Barigui do Champagnat...

“Uso de Procuração por instrumento público não tem eficácia imediata e sua fé pública nada vale perante instituição financeira. Em nome de possível fraude o ato cartorial depende do setor jurídico do banco. Cautela recomendável, contudo exagerada, quando o procurador tem documentos pessoais idôneos e é correntista do Sistema Financeiro. Medida protelatória e passível de ação judicial por dano moral e material”.
Edson Vidal Pinto

blog comments powered by Disqus

Blog da Bebel

Novo espaço 1903 Batel inova em união de conceito de gastronomia e motocicletas

Empreendimento no Batel traz conceito sofisticado e moderno em um espaço descontraído

Leia aqui

BE CAUSE - Campanha de Ajuda Humanitária

Evento promove intercâmbio entre as diversas culturas de refugiados em Curitiba

Leia aqui

Uma vida dedicada à inclusão

Norte-americano Brad Guidi falou em Curitiba sobre o Camp Big Sky, iniciativa que oferece lazer e conhecimento a pessoas com deficiência de todas as idades

Leia aqui

Flagrantes do Mundo Jurídico

Ódio no Coração.

Infelizmente gerações de brasileiros ainda não souberam o que é viver em um país próspero, seguro e bem governado. Claro que não vou às raízes do Brasil colônia ou império porque seria muito exagero sondar um passado tão mal contado, com episódios históricos envoltos em fatos e fantasias. Tem muita coisa encoberta nos textos da história que aprendemos na escola.

Leia aqui

O Homem que Roubava Processos.

Como é bom e útil ler livros; não importa o nome dos autores e sim seus conteúdos; sejam de histórias, contos, técnicos, ficção ou de autoajuda.

Leia aqui

Nunca Mais!

Como é dia de descanso vou procurar escrever alguma coisa que não perturbe a mente, nem exija reflexões e muito menos sirva para aborrecer. Afinal domingo é um dia para não pensar muito e esquecer-se dos enigmas do cotidiano.

Leia aqui

No balcão sem frescura

Italianos e o Churrasco...

Quando criança, íamos passar o final de semana na chácara em São Luiz do Purunã. Me recordo de acordar aos domingos com o sino da igreja soando de maneira extremamente delicada, é algo que até hoje tem um significado

Leia aqui

Festival de Petisco em bares de Curitiba

Os amantes das comidas típicas de bares assim como eu, poderão se deliciar com o 1º Festival de Petisco de Curitiba

Leia aqui

“Típica dos botecos”, carne de onça vira patrimônio de Curitiba

Votação unânime na Câmara de Vereadores, nesta segunda-feira (5), promoveu a carne de onça – “uma comida típica dos botecos” – a patrimônio cultural imaterial de Curitiba (005.00096.2016)

Leia aqui

Mamãe, eu quero!

4ª Corrida Kids no Shopping Jardim das Américas

O evento mais esperado do Shopping Jardim das Américas já tem data marcada

Leia aqui

Férias em Curitiba

Está faltando ideia de programação para as férias? Fizemos um roteirinho para ajudar!

Leia aqui

Bolachas Decoradas de Natal entram na lista de presentes

Uma receita familiar é o início da história das Bolachas Vovó Elza

Leia aqui

E-ticket

Viajar de carro no Brasil

Cada vez mais as road trips são um novo segmento de destaque entre os Brasileiros. O resgate de viajar de carro é poder explorar e conhecer sem pressa os encantos de cada região

Leia aqui

Barreado fora de Morretes!!

Com esses dias frios, nada como comer bem. A dica de hoje é uma tradicional receita do litoral Paranaense: o barreado. Mas nem só em Morretes, podemos degustar essa maravilha e por isso mesmo listamos algumas opções locais imperdíveis

Leia aqui

Chope nas alturas

Sim, a notícia mais comentada da semana no setor de Turismo, depois das Olimpíadas, foi a divulgação da companhia aérea holandesa KLM que a partir de agosto, passará a servir chope de barril em seus voos

Leia aqui

Aplausos

Raimundo celebra 25 anos do disco de estreia em Curitiba

A turnê comemorativa de lançamento do álbum homônimo de estreia tem como convidado ilustre: Fred Castro, baterista original do grupo e passa pela capital paranaense no próximo dia 06 de abril na Ópera de Arame. Ingressos já estão à venda

Leia aqui

Gabriel O Pensador se apresenta de forma gratuita em Curitiba

Pocket show no dia 28 de fevereiro abre a programação do Conexão Shopping Curitiba de 2019

Leia aqui

Cantor americano BLACKBEAR traz show inédito a Curitiba

Pela primeira vez no Brasil, rapper se apresentará no palco da Ópera de Arame. Os ingressos já estão à venda

Leia aqui