Logomarca NCA Comunicação

Dez05

A Revista Veja.

Escrito por Edson Vidal Categorias // Flagrantes do mundo jurídico Lidos 206

Hoje, 05 de dezembro de 2.017, terça-feira.

Parece notória contradição o que vou escrever: acredito muito pouco nas reportagens escritas pelos jornalistas da “Revista Veja”, mas teimosamente sou um de seus assinantes. Foi lá pelos idos de 1.976, quando eu morava na cidade de Umuarama, que o então Prefeito Municipal da época foi denunciado por ter autorizado o uso de maquinário pesado do Município, para permitir que em uma fazenda particular, de município vizinho, fosse feita a terraplenagem de terreno para pouso de pequenas aeronaves.

Um Decreto-lei editado no tempo da Revolução de 64, para coibir o uso indevido de bens públicos punia os Prefeitos que infringissem essa legislação com a perda do respectivo cargo. E por ser época que antecedia as eleições, referido “crime” teve repercussão nacional e mereceu reportagem de destaque na aludida revista semanal.

Com certeza por motivação política o enfoque da notícia versou mais sobre a peruca usada pelo Prefeito, para ridiculariza-lo perante os eleitores, do que a autorização indevida do uso de bens públicos. A legislação era tão severa que o simples recebimento da denúncia ensejava de pronto o afastamento do Prefeito, do cargo.

O jornalista que escreveu a matéria atingiu seu objetivo porque o grupo político contrário ao Prefeito afastado foi quem ganhou a eleição. Fiquei indignado pelo absurdo da reportagem, face à sua tendenciosidade. Apenas para esclarecer: no processo instaurado o Prefeito afastado foi absolvido.

A pista de pouso em questão fora improvisada no Município vizinho, em uma fazenda particular, para atender pedido de a Casa Militar do Governo do Estado para que o avião do Governador, que estava acompanhado de um Ministro de Estado, pudesse aterrissar no local para que as autoridades cumprissem agenda oficial.

Portanto o emprego do maquinário não foi para favorecer o proprietário da fazenda. Sei destes detalhes porque a denúncia foi de minha lavra, na condição de Promotor de Justiça de Umuarama. Desde então nunca mais acreditei na seriedade das reportagens publicadas na “Veja”. Continuo lendo para refletir sobre o conteúdo jornalístico, separando o joio do trigo.

E não tem semana que não tenha inverdades. Não entro no mérito: tempos atrás a revista publicou reportagem, que mereceu chamada na capa, dando conta dos advogados que enriqueceram com os polpudos honorários cobrados para defender os réus da Lava Jato e outros políticos envolvidos em falcatruas. O que tem isso de importante para merecer tamanho destaque? A verba honorária cobrada por Advogado corresponde ao valor contratado pelo trabalho profissional prestado ao contratante. Se for um Real ou milhares de Reais, ninguém tem nada com isso.

Não existe nenhum crime ou contravenção que possa traduzir censura punível. Muito menos indecência capaz de levar o Advogado perante o Conselho de Ética da OAB. Óbvio que a reportagem teve outra intenção, a de expor e denegrir a imagem da Advocacia perante a opinião pública.

Se não fosse por esse motivo por que não houve reportagens idênticas para apurar os honorários cobrados pelos médicos quando atenderam a Dilma, o Lula e mais recentemente o Temer? Claro que não é assunto que interessa há ninguém e nem vende revista, salvo se mostrassem os médicos gastando seus honorários como verdadeiros sultões do planeta!

Portanto, infelizmente, as revistas como a imprensa em geral não deve merecer muita credibilidade, porque não existe seriedade dos jornalistas e nem estes não se deixam trair pelas suas ideologias e cores partidárias. Convém sempre confiar, desconfiando...

“A Imprensa brasileira tem jornalistas sem nenhum compromisso com a verdade. Pobre opinião pública. Pois num país como o nosso, cabe sempre, ao deparar com qualquer notícia ou reportagem: confiar, desconfiando!
Edson Vidal Pinto

blog comments powered by Disqus

Blog da Bebel

Turma do Martinus celebra 40 anos de formatura

Os alunos da turma de 1978 do 2º Grau (então Científico) do Colégio Martinus, de Curitiba, vão realizar dois encontros em comemoração aos 40 anos de formatura.

Leia aqui

Ballet de Moscou no gelo faz apresentações em Curitiba

Mágico, sublime, majestoso! Imperdível! Apresentações ocorrem em uma pista de gelo de verdade com dimensão de aproximadamente 120m²

Leia aqui

Columbia Sportwear promove bate-papo sobre o El Cruce, uma das corridas mais fascinantes do mundo

A Columbia Sportwear, marca americana que escolheu Curitiba para receber a sua primeira loja física do Brasil, promove no próximo dia 17, às 19h, um bate-papo sobre o El Cruce, a corrida que atravessa a Argentina e o Chile através da Cordilheira dos Andes

Leia aqui

Flagrantes do Mundo Jurídico

Desabafo Vindo das Catacumbas!

Eu considero mágico o meu pequeno telefone celular por me permitir comunicar com amigos e pessoas que não conheço (mas prezo) através do Facebook e WhatsApp.

Leia aqui

Teatro Eleitoral.

O WhatsApp está chato de ler, são tantas informações repetidas, piadas e fakes que a política está até perdendo a graça. Evidente que quem votou em um candidato não vai mudar o voto para o segundo turno, ninguém foi iludido e nem induzido.

Leia aqui

Remanso Sobre Águas Turvas.

A impressão que se têm é que o Brasil está navegando sobre águas tranquilas, porém barrenta e mal cheirosa. Na aparência o governo amorfo e sem ação aproveita o clima palpitante das eleições para ficar no anonimato: pelo amor de Deus, esqueçam que nós existimos!

Leia aqui

No balcão sem frescura

Italianos e o Churrasco...

Quando criança, íamos passar o final de semana na chácara em São Luiz do Purunã. Me recordo de acordar aos domingos com o sino da igreja soando de maneira extremamente delicada, é algo que até hoje tem um significado

Leia aqui

Festival de Petisco em bares de Curitiba

Os amantes das comidas típicas de bares assim como eu, poderão se deliciar com o 1º Festival de Petisco de Curitiba

Leia aqui

“Típica dos botecos”, carne de onça vira patrimônio de Curitiba

Votação unânime na Câmara de Vereadores, nesta segunda-feira (5), promoveu a carne de onça – “uma comida típica dos botecos” – a patrimônio cultural imaterial de Curitiba (005.00096.2016)

Leia aqui

Mamãe, eu quero!

Dia das crianças com muitas atividades para os pequenos

O Mamãe eu Quero fez um roteirinho de atrações para curtir com as crianças neste feriado e muitas são gratuitas

Leia aqui

Seguindo Seus Passos abre loja com roupas iguais para pais e filhos

Abertura ao público acontece no dia 6 de outubro com mais de 800 modelos, que vão de roupas e calçados a joias e trajes de festa

Leia aqui

Centro Histórico terá combos de gastronomia para a festa de Dia das Crianças

O Centro Histórico Divertido acontece no dia 06 de Outubro, das 10 às 18h, com atrações e pratos kids especiais.

Leia aqui

E-ticket

Viajar de carro no Brasil

Cada vez mais as road trips são um novo segmento de destaque entre os Brasileiros. O resgate de viajar de carro é poder explorar e conhecer sem pressa os encantos de cada região

Leia aqui

Barreado fora de Morretes!!

Com esses dias frios, nada como comer bem. A dica de hoje é uma tradicional receita do litoral Paranaense: o barreado. Mas nem só em Morretes, podemos degustar essa maravilha e por isso mesmo listamos algumas opções locais imperdíveis

Leia aqui

Chope nas alturas

Sim, a notícia mais comentada da semana no setor de Turismo, depois das Olimpíadas, foi a divulgação da companhia aérea holandesa KLM que a partir de agosto, passará a servir chope de barril em seus voos

Leia aqui

Aplausos

Banda Nenhum de Nós traz rock a Curitiba em pocket show gratuito

Apresentação do grupo, que tem mais de 30 anos de carreira, acontece no dia 17 de outubro, no Shopping Curitiba

Leia aqui

Curitiba recebe Queen Experience In Concert em agosto

O evento que acontece no dia 17 agosto, na Ópera de Arame, relembra os grandes clássicos da lendária banda de Freddie Mercury

Leia aqui

Vida e obra de Heitor Villa-Lobos marcam apresentação musical "Somos todos Tuhus"

Performance acontece neste sábado (16 de junho) em auditório da Secretaria Estadual da Cultura, em Curitiba

Leia aqui