Logomarca NCA Comunicação

Mai21

Policial Não Mata Por Matar!

Escrito por Edson Vidal Categorias // Flagrantes do mundo jurídico Lidos 70

Difícil neste país alguém levantar a voz para saber por que muitos policiais estão sendo assassinados no cumprimento da lei, abatidos em serviço. Ninguém fica indignado com a morte violenta de um ou uma policial civil ou militar, que sai para cumprir seu dever e volta morto para casa.

No enterro, além dos familiares e amigos próximos, só os companheiros de profissão. A sociedade ignora a morte desses heróis. Claro que estou me referindo aos verdadeiros policiais, aqueles homens e mulheres que são vocacionados e optam profissionalmente em defender a vida, a integridade física e o patrimônio dos cidadãos. Ervas daninha são espécies em qualquer ramo da atividade humana, são exceções nocivas e se servem das Instituições e não figuram em suas histórias.

Existem péssimos policiais, assim como existem também péssimos Magistrados, médicos, dentistas, engenheiros, advogados, empresários, políticos, governantes e cidadãos.

Tudo reflexo do gênero humano. Enalteço aqui os policiais que honram e dignificam seus distintivos e suas fardas. A cerimônia fúnebre no enterro de um policial morto em ação deveria ser sempre solene, respeitosa e contar com as presenças de seus comandantes e autoridades públicas do estado. É o mínimo de reconhecimento e alento aos familiares do falecido.

No entanto, quando ao invés do policial morrer é ele que mata um marginal,
coro de vozes fingidas ecoam nos quatro cantos do país para recriminar e titular o ato extremo, como abuso ou violência policial. Indivíduos que se intitulam expertos em segurança pública, mas comprometidos ideologicamente, são os primeiros a criticar e colocar em dúvida a ação do agente da lei.

Nesse mesmo diapasão se alinham os tais “defensores dos direitos humanos”, valorizando a vida dos bandidos e menosprezando a dignidade e a função do policial que agiu no estrito cumprimento de seu dever legal.

Que sociedade hipócrita é está em que vivemos! No assassinato da vereadora do Rio de Janeiro decorrente de disputa política e executada friamente por marginais, os esquerdistas que são habituados a atear fogo na Bandeira Nacional, fizeram e ainda estão fazendo um estardalhaço exigindo a apuração do infausto episódio nos mínimos detalhes, quase chantageando as Autoridades Policiais para que estas nas investigações pudessem apontar como autores pessoas ligadas ao Governo, como sendo um complô armado contra o PSOL. Manobra frustrada quando a investigação apontou rumos diferentes. Causa indignação e fere o bom senso do homem médio, a dúvida criada com a ação da policial militar que matou um assaltante, em Suzano, São Paulo.

A gravação de rua mostrou todos os detalhes, a força intimidatória do marginal ameaçando mães e crianças com revólver em punho, o cuidado da policial em afastar uma das crianças, para daí atirar. Ato profissional legítimo e apropriado às circunstâncias do evento. Contudo, não lhe faltou cesura.

A heroína foi absurdamente censurada pelo fato de ter agido. Ora, como exigir de um policial que ele deixe de cumprir o seu dever? No caso foram obedecidas todas as regras de segurança e ninguém foi exposto à ação da policial, salvo o próprio marginal que foi morto.

Caramba, tem muita gente falando demais e querendo ser censor da Polícia brasileira; pessoas que não conhecem e nunca conviveram de perto com o perigo que esses profissionais estão sujeitos. Li um dia destes que uma mulher rotulada de “perita na área de segurança pública”, falando para policiais militares, orientava que estes só deveriam revidar atirando depois do bandido atirar. Nunca li e nem ouvi tanta estultice na minha vida.

Óbvio que toda a vida é sagrada, é o bem mais precioso que o Estado tutela através das atividades da Polícia, mas nem sempre é possível preservar quando o próprio indivíduo coloca em risco a vida de outrem. Polícia não mata por matar; ser humano nenhum sente prazer nisso, salvo os tresloucados e os perversos. Estes não estão na Polícia! Enfatizo: louvo respeitosamente os verdadeiros policiais que dão suas vidas, para nos defender...

“O Policial Civil ou Militar tem uma nobre missão profissional a cumprir: a defesa dos cidadãos e a preservação da ordem pública. E quando mata ou fere um marginal, atua atendendo o desenrolar dos fatos e no íntimo lamenta o acontecido. Ele não mata, por querer matar, pois isto não faz parte da índole do Ser Humano bem intencionado!”
Edson Vidal Pinto

blog comments powered by Disqus

Blog da Bebel

Superprodução “Circo Turma da Mônica – O Primeiro Circo do Novo Mundo” confirma sessões em Curitiba

Apresentado por Ministério da Cultura e Brasilprev, superprodução circense que tem Dedé Santana como mestre de cerimônia, terá duas apresentações no Teatro Positivo Grande Auditório

Leia aqui

Colecionador lança livro histórico com exposição de artefatos romanos

A obra é fruto de extensa pesquisa sobre moedas e artefatos arqueológicos desse período

Leia aqui

Face norte ou face sul: qual a melhor opção para morar em Curitiba?

Entenda como a posição do sol pode contribuir com seu bem-estar em moradia

Leia aqui

Flagrantes do Mundo Jurídico

Retratos do Cotidiano.

Como se tivesse uma câmara fotográfica passou meio por acaso na frente da casa de um velho e tinhoso político, no bairro Barigui, que ainda aspira manter o seu polpudo cargo eletivo, e tirei uma foto colorida.

Leia aqui

Fantasia!

Quem não sonha, não é mesmo? Não, não me refiro àqueles segundos, que parece horas, quando estamos dormindo e tudo acontece perante nossos olhos fechados como se fosse verdadeiro. Não, eu me refiro aquele outro tipo de sonho, que só nossa imaginação alcança, quando estamos acordados.

Leia aqui

A Verdade Sem Máscara.

O dólar foi para a estratosfera. Pois é, nem todo dia o mundo financeiro reserva boas notícias, não é mesmo? Mentira. Para os brasileiros a economia nunca tem boas notícias, ao contrário, à inflação não nos abandona. Basta ir ao supermercado ou à farmácia para constatar de perto o custo de vida.

Leia aqui

No balcão sem frescura

Italianos e o Churrasco...

Quando criança, íamos passar o final de semana na chácara em São Luiz do Purunã. Me recordo de acordar aos domingos com o sino da igreja soando de maneira extremamente delicada, é algo que até hoje tem um significado

Leia aqui

Festival de Petisco em bares de Curitiba

Os amantes das comidas típicas de bares assim como eu, poderão se deliciar com o 1º Festival de Petisco de Curitiba

Leia aqui

“Típica dos botecos”, carne de onça vira patrimônio de Curitiba

Votação unânime na Câmara de Vereadores, nesta segunda-feira (5), promoveu a carne de onça – “uma comida típica dos botecos” – a patrimônio cultural imaterial de Curitiba (005.00096.2016)

Leia aqui

Mamãe, eu quero!

Espetáculo de ilusionismo volta aos palcos curitibanos com o estilo clássico da mágica

As apresentações serão todos os sábados de agosto, no Teatro Barracão EnCena

Leia aqui

Espetáculo do Bob Zoom chega a Curitiba

O musical “Bob Zoom em: O Trem de Ferro” vai levar os fãs do personagem por uma incrível viagem musical no Shopping Estação

Leia aqui

3ª Corrida Kids no Shopping Jardim das Américas

Já estão abertas as inscrições para a corrida mais fofa da cidade

Leia aqui

E-ticket

Viajar de carro no Brasil

Cada vez mais as road trips são um novo segmento de destaque entre os Brasileiros. O resgate de viajar de carro é poder explorar e conhecer sem pressa os encantos de cada região

Leia aqui

Barreado fora de Morretes!!

Com esses dias frios, nada como comer bem. A dica de hoje é uma tradicional receita do litoral Paranaense: o barreado. Mas nem só em Morretes, podemos degustar essa maravilha e por isso mesmo listamos algumas opções locais imperdíveis

Leia aqui

Chope nas alturas

Sim, a notícia mais comentada da semana no setor de Turismo, depois das Olimpíadas, foi a divulgação da companhia aérea holandesa KLM que a partir de agosto, passará a servir chope de barril em seus voos

Leia aqui

Aplausos

Curitiba recebe Queen Experience In Concert em agosto

O evento que acontece no dia 17 agosto, na Ópera de Arame, relembra os grandes clássicos da lendária banda de Freddie Mercury

Leia aqui

Vida e obra de Heitor Villa-Lobos marcam apresentação musical "Somos todos Tuhus"

Performance acontece neste sábado (16 de junho) em auditório da Secretaria Estadual da Cultura, em Curitiba

Leia aqui

Suzie Franco lança "Esvoaça", seu álbum solo, no Teatro Paiol

O trabalho será apresentado em shows nos dias 13 e 14 de junho, às 20 horas

Leia aqui