Logomarca NCA Comunicação

Abr23

A Preocupação.

Escrito por Edson Vidal Categorias // Flagrantes do mundo jurídico Lidos 39

Ultimamente Tenho participado de algumas palestras e debates interessantes. Desde que me aposentei em fevereiro de 2.015, desvesti minha Toga que sempre procurei dignificar e entreguei com carinho para o meu filho primogênito, competente advogado, para este sempre se lembrar de seu pai e respeitar a Justiça.

Desde então comecei a escrever diariamente minhas crônicas, algumas para reflexão, outras de maneira jocosa para retratar os acontecimentos do cotidiano. À medida que penso e dedilho as pequenas letras de meu celular, sem me preocupar em corrigir os textos, até chegar à última letra do que me propus criar.

Como Magistrado nunca ousei emitir opinião política e nem escrever nada que não fosse aos autos. Aprendi na faculdade que o verdadeiro Juiz é aquele que só se pronuncia nos processos. Fora dele o servidor da lei deve ser reservado e calado. Deve saber ouvir e falar o necessário. E como aposentado estou desobrigado de seguir esta regra profissional e por isso escrevo de tudo e de todos. Até de política.

Embora tenha exercido relevantes cargos políticos nunca fui filiado a nenhum partido e muito menos exteriorizei preferência por qualquer deles. Hoje, embora livre para opinar confesso que não nutro preferência por nenhuma das siglas e muito menos ideologia. A única ideologia que professo é a da lei.

Mas não me omito em criticar a classe política como um todo. E nos debates que me referi tenho, principalmente quando faço palestras em faculdades, conclamadas os jovens universitários a fazerem política partidária. Por quê? Porque é a única via legítima dentro do estado democrático de direito de participar dos destinos do Município, Estados e do País.

Mordi minha língua, quando eu tinha oportunidade e recomendava aos meus amigos que evitassem entrar na política, esta seria a pior coisa a fazer. Dei uma guinada; sem política o indivíduo deixa que os menos experientes e mal intencionados dirijam a Nação. É por isso que estamos enfrentando a crise moral que nos delegaram os políticos oportunistas e ladrões.

E tenho ouvido algumas pessoas achar que não vale a pena entrar na política porque os nomes que estão concorrendo são os mesmos, não dando chance para o eleitor de mudar o Brasil. Verdade: são os mesmos nomes pelas omissões de tantos outros que não fazem política. Mas não podemos esquecer que o país está mudando, políticos estão presos e para sanear a vida pública vai ainda levar algum tempo.

É por isso que as eleições que se avizinham necessitam do amor do eleitor pela pátria, escolhendo os candidatos melhores, os que não são fichas sujas e que não estejam respondendo ações penais. E principalmente os que não serviram o governo corrupto do PT.

Desta peneirada é evidente que sobram nomes confiáveis e merecedores do voto. O futuro? Sempre será uma incógnita se o candidato eleito vai ou não honrar o seu mandato, pois cada um se revela no difícil exercício do múnus quando tiver que nos representar para buscar as soluções que nos dizem respeito.

Preocupação? É só com aqueles que pregam deixar de votar ou anular o voto. Por quê? Serão eleitos os mais votados. E não esqueçam que a “militância” sempre está presente na hora de votar. Logo...

“Vamos votar pelo Brasil!
Vamos votar pelo Paraná!
Vamos votar para Senador, deputados Estadual e Federal quem não seja ficha suja e não tenha participado de governo petista!”
Edson Vidal Pinto

blog comments powered by Disqus

Blog da Bebel

Bondinhos do Parque Unipraias são substituídos por novos modelos

Após 19 anos de uso, os clássicos bondinhos brancos e azuis do Parque Unipraias estão sendo substituídos por novos modelos

Leia aqui

I prêmio ABIME turismo e cultura no Museu do Futebol - SP

A ABIME – Associação Brasileira de Imprensa de Mídia Eletrônica e Digital é uma organização sem fins lucrativos, criado e presidido pela jornalista Vera Tabach, a qual tem  40 anos de profissão

Leia aqui

Startups são grandes oportunidades de carreira para jovens profissionais

As novas gerações não sonham com o padrão tradicional de trabalho, elas querem ir além, ousar, ultrapassar o senso comum, inovar. Já existem empresas no país que oferecem propostas de acordo com este novo modelo, como a startup brasileira de atuação global Pipefy, que está executando a segunda edição do seu concorrido programa de talentos “Pipefy Young Guns”

Leia aqui

Flagrantes do Mundo Jurídico

O Brasil com Cheiro de 64!

E desta vez foram os caminhoneiros trabalhadores que acenderam o estopim da revolta contra o abuso do desgoverno Temer. O aumento do combustível foi criminoso para o bolso dos brasileiros; o achaque da Petrobras e o anúncio do próximo aumento da energia elétrica soou como duas bombas que vão fazer estragos na nossa frágil economia.

Leia aqui

Desperdício de Dinheiro Público

Nem bem assumiu o cargo de Governadora a d. Cida criou a Secretaria de Estado de Assuntos Penitenciários, que terá a incumbência de construir e fiscalizar as obras dos futuros estabelecimentos prisionais. Em outras palavras: mero cabide de emprego!

Leia aqui

Enfim, Rumo ao Himalaia!

Preparadíssimo! Sim, esta a palavra correta para explicar o meu atual estado físico e psicológico para enfrentar a grande aventura da minha vida, vou escalar o Everest, o Teto do Mundo.

Leia aqui

No balcão sem frescura

Italianos e o Churrasco...

Quando criança, íamos passar o final de semana na chácara em São Luiz do Purunã. Me recordo de acordar aos domingos com o sino da igreja soando de maneira extremamente delicada, é algo que até hoje tem um significado

Leia aqui

Festival de Petisco em bares de Curitiba

Os amantes das comidas típicas de bares assim como eu, poderão se deliciar com o 1º Festival de Petisco de Curitiba

Leia aqui

“Típica dos botecos”, carne de onça vira patrimônio de Curitiba

Votação unânime na Câmara de Vereadores, nesta segunda-feira (5), promoveu a carne de onça – “uma comida típica dos botecos” – a patrimônio cultural imaterial de Curitiba (005.00096.2016)

Leia aqui

Mamãe, eu quero!

Atividades para comemorar o Dia das Mães

O final de semana é das mães! E dá tempo de escolher a programação para curtir em família...

Leia aqui

CineMaterna estreia dia 18 no Cineplus do Shopping Jardim das Américas estreia dia 18 no Cineplus do Shopping Jardim das Américas

As 50 primeiras mães com bebês que chegarem ao cinema terão entrada gratuita para assistir ao filme ‘Com Amor, Simon’

Leia aqui

Feira Cute Cute terá 2ª edição de 12 a 15 de abril

A feira boutique terá produtos e serviços voltados a gestantes, bebês e crianças, além de programação cultural

Leia aqui

E-ticket

Viajar de carro no Brasil

Cada vez mais as road trips são um novo segmento de destaque entre os Brasileiros. O resgate de viajar de carro é poder explorar e conhecer sem pressa os encantos de cada região

Leia aqui

Barreado fora de Morretes!!

Com esses dias frios, nada como comer bem. A dica de hoje é uma tradicional receita do litoral Paranaense: o barreado. Mas nem só em Morretes, podemos degustar essa maravilha e por isso mesmo listamos algumas opções locais imperdíveis

Leia aqui

Chope nas alturas

Sim, a notícia mais comentada da semana no setor de Turismo, depois das Olimpíadas, foi a divulgação da companhia aérea holandesa KLM que a partir de agosto, passará a servir chope de barril em seus voos

Leia aqui

Aplausos

Obra inédita inspirada no hino nacional brasileiro será interpretada pela primeira vez no país

Durante evento em Curitiba (PR), pianista Pablo Rossi fará a estreia brasileira da partitura de "Grande Fantasia Triunfal Sobre o Hino Nacional Brasileiro" para piano e orquestra

Leia aqui

Antonio Fagundes vem a Curitiba com a comédia Baixa Terapia

Assistida por mais de 90 mil expectadores em São Paulo, a peça que rendeu o prêmio Shell de melhor atriz para Ilana Kaplan, segue em turnê nacional. Ela chega em única apresentação na capital paranaense, dia 6 de maio, no Guairão

Leia aqui

Caixa Cultural apresenta o violinista Alessandro Borgomanero em recital dedicado à música brasileira

O espetáculo é resultado de três anos de pesquisa nos quais o artista coletou obras escritas por compositores brasileiros para violino solo

Leia aqui